For Fun Noticias

Cenas Impressionantes (e Raras) de Acidentes nos Primeiros Anos de Automobilismo tinhas coragem?

Falar em corridas de carros é algo que desperta paixões, mas também preocupações. Assim como outros desportos, conduzir um carro em alta velocidade implica correr riscos a todo instante e é algo que requer coragem, preparação física, emocional e técnica. Hoje, a maior parte das corridas conta com profissionalismo e segurança em níveis bastante altos, o que não só reduziu muito o número de acidentes fatais, como também aumentou o alcance do desporto.No passado não muito distante, era diferente. Bem diferente! Havia uma paixão genuína entre os pilotos e os seus carros, bem como uma relação muito próxima entre o público e as principais estrelas do desporto. Os malucos daquela época arriscavam as suas vidas mais por emoção e adrenalina que por dinheiro, algo que mudou também com o passar dos anos. Os fãs ficavam praticamente dentro da pista e tinha acesso quase total aos bastidores.

A segurança, no entanto, era um grande problema. Carros que ultrapassam os 200 km/h são uma coisa comum há pelo menos 100 anos, mas os acidentes daquela época não podem ser comparados com os de hoje. Os itens de protecção do piloto eram quase inexistentes e o fabrico dos carros era relativamente simples, sem grandes estudos de impacto e o que hoje convencionou-se chamar de “célula de sobrevivência do piloto”.

Para entender a diferença, nada melhor que assistir a um vídeo com algumas imagens raras de acidentes automobilísticos do começo do século passado. veja também este vídeo do primeiro acidente de um carro de corrida registado com um câmara.

Segue-nos no Facebook!

8