Noticias

Homem deixa câmara de bordo ligada e surpreende mecânicos aldrabões

Na cidade de Mississauga, perto de Toronto, no Canadá, Daniel Sheikhan deixou o seu Mercedes S63 AMG numa concessionária oficial para a revisão. O que aconteceu depois é difícil de acreditar, caso não existissem provas. O cliente resolveu deixar a “dash cam” ligada e foi assim que descobriu uma aldrabice que custa aos proprietários milhares de euros num serviço que não é feito e em peças que não são trocadas.

Daniel percebeu que lhe cobraram uma intervenção nunca realizada na transmissão no valor de 700 dólares… que deveria ser feita em 90 minutos. Acontece que o veículo passou apenas 11 minutos na área de reparação. Após esses minutos de revisão, o técnico e um colega saíram da oficina a bordo do automóvel e foram comprar gelados. Pelo caminho, o técnico reconheceu que nem sequer leu a ficha de reparação.

Quando regressaram à oficina lavaram o carro e deram mais uma voltinha pela zona da concessionária. Quando o cliente pegou no carro percebeu que o porta-copos estava aberto e um deles tinha manchas de gelado. O responsável pela concessionária disse que isso era culpa sua, mas que faria o favor de chamar alguém para limpar.

Segue-nos no Facebook!