Acidentes

‘Valet parking’ de aeroporto destrói BMW M3

Peter Dumbreck não é propriamente um nome desconhecido na competição automóvel, embora nunca tenha marcado presença em modalidades como a Fórmula 1.

No entanto, com um longo histórico na competição automóvel, o piloto escocês sobressai pelas diversas participações nas 24 Horas de Le Mans, estando ao volante no momento icónico em que um Mercedes-Benz CLR ‘descolou’ em plena reta das Hunaudières na edição de 1999 da mítica prova de resistência.

Mas o passado fim de semana também foi de muitas peripécias para Dumbreck: tendo estado no circuito de Nürburgring para mais uma corrida do campeonato VLN, o piloto da Falken Tyres não só teve um desvio no seu voo, tendo de fazer escala em Hamburgo no caminho para Frankfurt, como descobriu que a companhia aérea, a Lufthansa, tinha perdido a sua bagagem.

Mas o pior viria depois, conforme contou pelo Twitter, já que o seu carro, um BMW M3, que tinha deixado no serviço de estacionamento (comummente denominado ‘valet parking’) foi destruído num acidente no processo de entrega no aeroporto de Frankfurt.

Peter Dumbreck@AhLovejoy

So, I finally made it home. I wasn’t sure it was going to happen. As I was reporting my bag lost to LH the parking company called to say my M3 couldn’t be delivered…

“Cheguei finalmente a casa. Não estava certo de que isso fosse acontecer. Enquanto reportava a bagagem perdida à Luthansa a companhia de estacionamento ligou a dizer que o meu M3 não poderia ser entregue…”, escreveu o piloto naquela rede social, demonstrando depois a razão através de uma fotografia. No entanto, lidando com a situação de forma otimista, Dumbreck aceitou o sucedido e mostrou-se satisfeito pelo facto de o condutor do veículo não ter sofrido qualquer lesão.

“As pessoas cometem erros e felizmente soube que o condutor não está gravemente ferido. Dito isto, se eu fosse dono da empresa de estacionamento, já estaria a fazer umas chamadas por agora”.

Fonte: www.motor24.pt

Segue-nos no Facebook!